Pular para o conteúdo principal

Que faz?

Escrevo e dou palestras sobre o tema família e inclusão escolar das crianças com deficiência.

Meus livros:
Lançados:






Lançamento em breve:
Gato de botas, Lucas de rodas - infantil.

Invento produtos que os pais, parentes ou pessoas que se identificam com o tema inclusão possam utilizar e que ao mesmo tempo venham contribuir para que as demais pessoas se acostumem visualmente com a cadeira de rodas.







Tenho vários projetos com objetivo de trabalhar a inclusão social e escolar da pessoa com deficiência de diferentes formas. Alguns já em andamento:




Para participar, apoiar, patrocinar entre em contato: contato@maeespecial.com.br ou clique nos links para conhecer mais.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Autistas: Retirando as fraldas

A experiência abaixo é da mãe de uma criança com autismo. Estou compartilhando com vocês pois é uma prova de possibilidade e fonte de incentivo para outros pais. Não vou citar o nome porque não pedi autorização. Acabei de ler no nosso grupo (Mãe Especial) e quis divulgar logo.

Quero dividir com vcs mais uma bênçâo!A alguns meses atrás vi postado em alguma paǵina,nâo lembro qual,um menino sentado no vaso fazendo coco e outra foto do menino em pé fazendo xixi e explicando que os autistas sâo visuais e pouco verbais!Nâo dei muita importância na hora,mas aquilo ficou na minha mente.Algumas semanas atrás fui num lugar que fazem banners e disse a moça:Tenho um filho autista e tô tendo dificuldade de tirar a fralda dele.Gostaria que vc fizesse um banner para eu pendurar no banheiro com duas fotos de um menino no vaso fazendo xixi e fazendo coco,bem nítido!Ela fez,pendurei no banheiro e mostrava ao Caio e apontava e falava xixi,coco e ele repetia cici,oo,pois nâo fala direito!Tirei as fraldas,…

No facebook é fácil!

Estímulos cerebrais x novas sinapses = pai e mãe de "queixo caído".

Plasticidade cerebral é a palavra que explica o avanço do Lucas, o qual tenho acompanhado maravilhada nos últimos meses. No ano passado presenciei durante todo o ano provas contínuas de evolução em uma criança que de tudo que dizia apenas 20% (analisando rápida e grosseiramente) tinha total sentido. Ele passou a demonstrar proezas que até então não esperávamos para o momento. Existem algumas cenas mais marcantes como o dia em que chorou por horas sentindo por suas limitações e outras como o dia em que eu e Fabio discutíamos sobre qual filme íamos assistir e ele então decidiu por nós dizendo em alto e bom tom: - Filme Mercenários. Teve também o dia em que meu marido me falou apontando para a TV para me mostrar o computador: -Olha um iMac e ele completou: - Macintosh. E nós nos olhamos surpresos nos indagando: Como assim? Quem é essa pessoa... radiantes de alegria!! E desde então não parou mais...  Há muito tempo ele canta mas só conseguia falar uma palavra por vez, como se não conseg…