domingo, 12 de julho de 2009

Vivendo e aprendendo.

Hoje fui visitar minha mãe, pois ela não podia vir à minha casa. Meu irmão está cada dia pior, tem passado mal constatemente... pelo menos minha mãe está mais tranquila do que antes. Está aprendendo a lidar com a situação. Até uns dias atrás, ela acreditava nele, quando saiu da clínica ela achava que ele não aguentou pelo simples fato de que lá era um lugar ruim (foi o que ele passou pra ela). Enquanto eu e minhas irmãs já sabíamos que qualquer lugar pra ele seria horrível, pelo simples fato de não poder beber e depois por não ter tudo na mão, como acontece na casa dela...
Ultimamente tem sido difícil ajudá-la. O Fabio tem estado bastante na rua e semana passada foi um sufoco para conseguir alguém que olhasse eles por uns minutos até eu ir ajuda-la a leva-lo ao Pronto Socorro.
Ela tem sofrido mais ainda, pois antes era eu quem o levava, mas confesso que não tenho mais ânimo para ajuda-lo e vê-lo no dia seguinte se auto destruir.
Assim, como geralmente acontece, no sofrimento a gente vai aprendendo. E assim tem sido.
Tenho ouvido de várias pessoas que quando os alcoolatras começam a vomitar sangue, em geral vivem pouco depois disso. Bom, meu irmão já chegou nessa fase e até ele mesmo se assusta quando começa a passar mal...
Nós?? Estamos aqui, orando por ele e ao mesmo tempo nos preparando para o pior. Apesar de não saber ao certo o que é pior nessas horas... não viver, ou viver assim...
Ninguém o respeita mais e até para nós está difícil de conviver com ele. Como minha mãe aguenta?? Não sei. Ou melhor, força de mãe não dá pra entender! Pelo que já vivi posso dizer que é uma força divina...

Que Deus a abençoe minha mãe e que em breve ele e a senhora possam estar em paz!!

Comentários
0 Comentários

0 comentários: