quarta-feira, 9 de maio de 2012

Estímulos cerebrais x novas sinapses = pai e mãe de "queixo caído".


                                    
Plasticidade cerebral é a palavra que explica o avanço do Lucas, o qual tenho acompanhado maravilhada nos últimos meses. No ano passado presenciei durante todo o ano provas contínuas de evolução em uma criança que de tudo que dizia apenas 20% (analisando rápida e grosseiramente) tinha total sentido. Ele passou a demonstrar proezas que até então não esperávamos para o momento.
Existem algumas cenas mais marcantes como o dia em que chorou por horas sentindo por suas limitações e outras como o dia em que eu e Fabio discutíamos sobre qual filme íamos assistir e ele então decidiu por nós dizendo em alto e bom tom: - Filme Mercenários. Teve também o dia em que meu marido me falou apontando para a TV para me mostrar o computador: -Olha um iMac e ele completou: - Macintosh.
E nós nos olhamos surpresos nos indagando: Como assim? Quem é essa pessoa... radiantes de alegria!! E desde então não parou mais... 
Há muito tempo ele canta mas só conseguia falar uma palavra por vez, como se não conseguisse respirar e ao mesmo tempo cantarolar uma frase. Porém o irmão, Victor, começou a cantar uma música que até então nunca se tinha ouvido em nossa casa. Foi também uma surpresa (pois ele não cantava) ouvir uma vozinha cantando: ai ai se eu te pego...  e ela acabou me pegando... aos poucos todos da família cantavam a música e até mesmo quando ela me irritava eu a cantava. Foi a primeira música que Lucas conseguiu cantar uma frase inteira. Então eu cantava: ai ai... e ele completava: se eu te pego... e eu seguia: delícia, delícia e ele: assim você me mata...
Esse ano a novidade foi cantarolar antes de dormir e ainda que não saia palavras mas ele canta com ritmo durante vários minutos seguidos. Não descobri que música é mas mesmo assim é a mais bela canção que já ouvi...
Mas mais impressionante é a percepção, o tempo de resposta, o pensamento ágil de Lucas... não tem outra palavra que se encaixe: É incrível!!! Apesar de nos comunicarmos por voz desde seus 4 anos enfrentávamos grandes dificuldades. Muitas vezes ele ficava frustrado por não conseguir se expressar e nós por não conseguirmos entender a mensagem que ele tentava nos passar mas nos últimos meses tem sido tudo tão diferente...  Ainda não nos acostumamos e constantemente estamos eu e Fabio nos olhando incrédulos e até brincamos: Alguém ligou o fiozinho que estava desligado desde que ele nasceu...
Pois é, brincadeiras a parte, a verdade é que é exatamente isso que está acontecendo, estímulos cerebrais geram novas sinapses e o resultado deixa a gente de "queixo caído", até porque estudos recentes vem provando que nos adultos novas conexões acontecem mais rápido do que o imaginado.

E com isso nosso diálogo tem sido mais ou menos assim:
Lucas: Tem coca ai?
Fabio: Não, não tem coca.
Lucas: Preciso de água.

Eu: Lucas vai dormir, não é hora de ficar falando...
Lucas: Preciso conversar.

Lucas: Vão sair?
Eu e Fabio: Vamos sim.
Lucas: Vão aonde? Fazer o que?
E por ai vai...

Ele ama futebol e até o ano passado qualquer gol que acontecia no jogo independente de qual time havia feito, ele vibrava. Hoje ele sabe a hora certa de comemorar...  e se não tiver tirando sarro do pai ele só comemora os gols do Corinthians...
Com tudo isso eu só tenho a agradecer a Deus pelas vitórias e ao mesmo tempo deixar meu testemunho para que não desistam de acreditar. As evoluções acontecem, talvez não no tempo em que gostaríamos mas no tempo certo de cada um. Devemos sempre estar conscientes das dificuldades mas ao mesmo tempo saber que faz parte da realidade essas evoluções.
Para aqueles que não leram nosso livro, não conhecem nossa história e porventura possam pensar que Lucas está se desenvolvendo porque teve uma paralisia cerebral leve, fica um alerta:
O desenvolvimento da criança depende muito mais da forma como ela é vista e cuidada do que do grau de sua lesão.  

Antonia Yamashita
Comentários
3 Comentários

3 comentários:

Roberta disse...

Parabéns, Lucas! Que a cada dia você conquiste mais o mundo.

Expansão Laboratório de Tecnologia Terapêutica disse...

Estímulos "sincronizados com amor e crença". Vocês acreditam no seu filho e isso "favorece as vias de comunicação neuronais, facilitando sobre maneira e neuroplasticidade;' Emoção e motivação. Super Abraço. Gisleine

Maiara disse...

Antonia, adorei seu blog. Compartilhei sua frase no nosso grupo do facebook.

https://www.facebook.com/pages/Grupo-de-Orienta%C3%A7%C3%A3o-Ser-m%C3%A3e-e-pai-de-crian%C3%A7as-com-necessidades-especiais/325474637495853

Que cada dia mais vocês tenham essas alegrias =)