sábado, 12 de maio de 2012

Para você, com muito carinho!!



Bem diz  ditado: Mãe é tudo igual! Mas não sinto que levam essa frase em consideração na hora de preparar as homenagens que circulam para as mães. Ainda não me vejo representada em nenhuma delas e torço para que isso mude logo.
Pra esse texto existe um grupo que é minha inspiração e é pensando nas mães de crianças com deficiências que presto uma singela homenagem para todas!

Elas trazem a vida um novo ser, cheias de amor e sonhos.
Elas anseiam pelo momento dos parabéns, pelas flores, visitas e até pelas comparações...
Com quem será que parece... tem os olhos do pai, a boca da mãe...
Mas o que elas encontram são pessoas emudecidas, de olhares tristes e confusos. Descrentes, incrédulos, piedosos...
A notícia de algo deu errado e que nada será como o esperado devasta todos os sonhos naquele momento...
E então a dor e o medo invadem impiedosamente um momento de intensa felicidade devastando todos os corações dos envolvidos seja pelo grau de parentesco ou simplesmente por amizade e as vezes até mesmo daqueles que se envolveram momentaneamente.
Não existe mais motivos para comemorar porque simplesmente foram jogadas de um extremo ao outro em fração de segundos... O sorriso foi tomado pela dor, os sonhos derrotados pela incerteza e a felicidade teve seu lugar usurpado pela dúvida cruel de como ser feliz daquele jeito...
E elas estão lá. Bombardeadas de sentimentos e sensações, pelas informações e decisões, sem tempo para pensar, sem remédio para auxiliar... parece impossível digerir tudo e continuar... mas tão incrível como o dom de gerar em seu próprio ventre um novo ser, uma vida, elas seguem enfrentando... travam lutas em guerra, ganham batalhas perdidas e triunfam com a certeza de que vale a pena cada esforço e cada lágrima derramada as escondidas para não ofuscar o sorriso de quem tanto amam...
No primeiro momento parecia que a vida lhes havia sido arrancada a força mas surpreendentemente elas percebem que foi o oposto.
E quem vê a situação de longe se questiona, porque não enxerga com os mesmos olhos.
Elas parecem ter tido a visão clareada, lavadas por muitas lágrimas de dor como um céu limpo após uma forte chuva em dias de verão.
Mães, vocês são pessoas muito especiais porque conseguem sorrir mesmo quando aparentemente só há motivos para chorar. Porque ainda que nada pareça valer a pena vocês insistem e persistem.
E mesmo não vendo frutos palpáveis vocês continuam a se doar inteiramente, de corpo, espírito e alma...
Vocês são diferentes porque mesmo quando ouvem: Desista, não é possível, vocês seguem adiante ainda que com os olhos encharcados e o coração em frangalhos.
Vocês sabem que o verdadeiro sentido da vida não está ao alcance dos olhos mas pode ser sentido se estiver com o coração livre para amar e se doar sem esperar nada em troca...
Parabéns pelos filhos, os que foram gerados no ventre ou no coração. Tenham todas um feliz dia das mães!!!!

Antônia Yamashita


Comentários
5 Comentários

5 comentários:

anapelevour disse...

Muito lindo, amei. Senti como se fosse feito diretamente para mim.
Obrigada por me proporcionar momentos de alegria através de seus vídeos e escritas, feliz dia das mães.

Ana Lúcia Estevam.

Priscila sol disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Priscila sol disse...

olá, sou Priscila gostaria de um email no qual posso fazer perguntas sobre suas experiências com mães especias, pois estou desenvolvendo um projeto e acredito que poderá contribuir suas experiências em relação as necessidades destas mães... agradeço muito sua atenção e fico no aguardo. meu email: priscila.sol.j@gmail.com

Regina Santos disse...

Antonia, muito lindo. Chorei de emoção...senti cada palavra...só sabe o que sente no coração a mãe que tem um filho especial...

Um grande abraço para você e sua linda família!!!

Anelly disse...

Lindo LINDO!!!!!! Também sou uma mãe ESPECIAL!!! BJO!!!