segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Ministério Público: atuação na educação inclusiva

Final do ano letivo chegando e mais uma vez recebo uma cartinha do Ministério Público para saber se a inclusão escolar de Lucas já aconteceu.
Apesar das "limitações" de nossa justiça é bom saber que esse grupo ainda nos acompanha nessa luta. Infelizmente a inclusão escolar de crianças com deficiência não acontece de acordo com a nossa legislação, tanto que a chegada do cuidador na escola para o meu filho e seus colegas só aconteceu depois de uma carta destinada ao Sr. secretário de educação contendo fotos das partes íntimas de meu filho comprovando os problemas de saúde causados pela falta de um cuidador na escola e uma singela ameaça de exposição da situação na mídia. Isso de fato funciona!
Ainda assim fico contente com a atuação do GEDUC (Grupo de Atuação Especial de Educação, pois sei que o pessoal responsável pela educação inclusiva fica de cabelo em pé ao receber os ofícios do MP. Isso de alguma maneira é bom, pois só assim eles se mexem, pois com minhas experiências em inclusão escolar percebi que nessa "instância" não adianta contar com boa vontade não.
E para quem deseja incluir o filho nas escolas regulares e está tendo dificuldade, fica aí a dica: Procure o ministério público e faça valer os direitos de seus filhos.


Comentários
0 Comentários

0 comentários: